Google+ Followers

Google+ Followers

sábado, 27 de fevereiro de 2016

Produtos Impróprios


Essa semana a Fiscalização Sanitária atuou junto a diversos supermercados no Rio de Janeiro e foram encontrados muitos produtos impróprios para o consumo humano, gerando interdições, descarte de produtos e fechamento de lojas.

O produto é considerado impróprio quando não está em condição de consumo, quando a data de validade está vencida, entre outros fatores.

No caso, em um determinado mercado, foram encontrados vários quilos de carne com validade vencida e estocadas de forma irregular. Não fosse a ação da Vigilância Sanitária talvez esse produto fosse colocado à venda para os consumidores. 

Aí você consome um alimento, sofre aquela “dor de barriga” e nem sabe o porque !

Pois bem, para evitar esse tipo de problema, vamos dar algumas dicas:

1. Não pense que a Vigilância Sanitária consegue fiscalizar todos os mercados do país diariamente, semanalmente ou mensalmente.  As ações da Vigilância ocorrem mediante denúncia ou pontualmente conforme a necessidade. Por isso, você é o melhor fiscal do dia a dia !

2. Produtos embalados devem apresentar a data de validade no rótulo, bem como informações sobre o fornecedor, o preparo do alimento, forma de acondicionamento (temperatura etc.) e etc.. Leia os rótulos, principalmente de produtos resfriados ou congelados!

3. Produtos a granel, expostos em gôndolas ou nos açougues, devem informar sobre o produto, a sua procedência (fornecedor) e a data de validade, entre outras informações obrigatórias. Leia essas informações e se não estiverem expostas, solicite ao gerente do estabelecimento que informe. Ele é obrigado por lei a expor isso !

4. Se você identificar algum alimento com aparência escura, com temperatura inadequada, que deveria estar congelado mas está apenas fresco, entre outras situações inadequadas, reclame com o gerente do estabelecimento e peça retirada do local de venda. Faça a sua parte ! 

5. Hoje a Internet é o melhor canal para descobrimos se uma loja ou produto é considerado bom, se existe reclamação sobre ele e muitas outras informações. O próprio website da ANVISA informa sobre produtos impróprios. Consulte. Afinal, é a sua saúde !



Entre para o time dos consumidores conscientes e responsáveis, afinal nós e que fazemos o país onde queremos viver. Faça a sua parte, fiscalize !